quinta-feira, 7 de junho de 2012

PETER DESISTIU DO SÓCIO FUTEBOL???

CONSELHEIRO PC CUMPRINDO SEU DEVER ESTATUTÁRIO 16

Como muitos sabem, não todos, eu sou a favor da inclusão no Estatuto do FLUMINENSE da Categoria de “Sócio Futebol”. Inclusive fiz questão de expressar, publicamente na tribuna do Conselho Deliberativo, o meu apoio e admiração pela estrutura do projeto. Acho que foi, senão a melhor, uma das melhores ideias já apresentadas para o futuro do nosso Tricolor.
Claro que eu tenho algumas considerações a acrescentar, mas isto será (ou seria) feito no momento oportuno. Pelos acontecimentos, já não tenho mais a certeza se poderei apoiar e muito menos opinar sobre essa revolucionária mudança do nosso clube. Tudo porque se for verdade o que me informaram hoje, pode ser que o meu sonho de ver o FLUMINENSE com mais sócios que o Barcelona da Espanha ou o Porto de Portugal esteja morto antes mesmo de nascer. Chegou-me aos ouvidos que o Presidente Peter Siemsen teria dito a importantes figuras da diretoria, que este alvoroço e mobilização em torno desta campanha foram puro entusiasmo juvenil dos integrantes da Flusócio.
Eu me recuso a acreditar que nosso mandatário desanimou daquela que seria a sua grandiosa obra prima, seu gol de placa. Recuso-me a acreditar também que um projeto deste vulto tenha sido tomado por impulso de afogadilho ou improviso precipitado.
É imperioso que o Presidente se dirija aos Conselheiros, sócios e tricolores em geral e diga se realmente procede essa história de que foi induzido ao erro por sua corrente política, ou tudo não passaria de mais um disse-me-disse no clube. Aguardo ansioso que ele desminta o sepultamento do que seria a redenção do meu amado TRICOLOR DAS LARANJEIRAS.


Artigo  5  Inciso  IX  da constituição brasileira: “É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independente de censura e licença”.
PAULO CESAR FERREIRA SOARES



   

3 comentários:

  1. Luiz Fernando Basset8 de junho de 2012 12:03

    Prezados,

    O Conselheiro PC a cada dia surta mais.

    Como sempre o seu papo é sempre o do disse me disse, fofocas que ele mesmo espalha.

    O que acontece é que os grupos agora entenderam que vão poder opinar sobre o projeto, o processo é democrático e muitos como o próprio PC já arrefeceram o discurso já se dizendo a favor do projeto. Engraçado não? Mas política é assim: "se o projeto não tiver o meu nome, eu não aprovo".

    Se antes era "massa de manobra" agora o sonho é ver o FLU com mais sócios que o Barcelona. Muito estranho.

    Luiz Fernando Basset

    ResponderExcluir
  2. Conselheiro Claudio Ramos9 de junho de 2012 20:21

    Caro amigo PC, não use de ironia, pois os cachorrinhos de madames podem acreditar !!!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES !!!

    ResponderExcluir
  3. Seria importante que o clube se comprometesse após a aprovação deste projeto, a disponibilizar aos antigos e novos sócios, o balancete analítico do clube demonstrando seus principais credores.

    Esclarecer como se deram as perdas de ações que culminaram com algumas dívidas absurdas como a que o clube tem com ex-goleiro Murilo, por exemplo, que em determinado mês do exercício de 2011 superava os R$10 milhões.

    Que o clube se comprometa a elaborar um fluxo de caixa dos próximos 12 meses, e divulgar no site oficial, demonstrando como pretende aplicar os recursos oriundos deste projeto.

    Que o conselho fiscal do clube se comprometa a cada trimestre, a receber uma comissão de conselheiros e associados, visando esclarecer as principais divergências entre o orçado e o realizado.

    Alternativamente, entendo que cabe uma ação judicial de prestação de contas dos cinco últimos exercícios, requerendo a realização de uma perícia judicial, para que sejam apurados dentre outros: Se existem salários que possam ser considerados acima da média de mercado; As causas das perdas das principais ações fiscais e trabalhistas do clube, se financeira, administrativa ou de ordem legal; Se existem indícios de fraudes em algum balanço patrimonial visando adequar o resultado ao orçamento; Se o percentual apropriado de despesas relativas a salários de atletas profissionais se encontra dentro do patamar de 20% dos direitos de imagem pagos pelo patrocinador.

    Milton Borges

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO! SE QUISER PARTICIPAR DE NOSSOS EVENTOS, SORTEIOS E BOLETINS, BASTA ENVIAR UM EMAIL PARA A CONTA CIDADAOFLU@GMAIL.COM