domingo, 28 de fevereiro de 2010

A "GRANDE NOITE" DE JULIO BUENO

O convite dizia: “JULIO BUENO CONVIDA PARA UM HAPPY HOUR, NATURALMENTE TRICOLOR. Dia 25 de Fevereiro (Quinta-Feira) às 19 horas no Salão Nobre do Fluminense. Rua Álvaro Chaves, Laranjeiras”. Então, nada poderia ser mais fidalgo, do que retribuir o gentil convite, comparecendo.

A decoração do Salão Nobre estava impecável. O bom gosto e a sofisticação da decoração faziam justiça às melhores tradições tricolores. O ambiente leve, agradável e de muito alto astral, era sentido por todos os presentes. Eram vistos no Salão Nobre, vários integrantes dos mais variados grupos políticos do Fluminense. E todos diziam: “É uma festa com cara de Fluminense”.

A grande surpresa e que deixou muitos dos presentes extremamente felizes e emocionados, foi um grande telão, em forma de círculo, instalado no centro do Salão Nobre, um pouco abaixo do lustre central. O telão exibia muitos gols e lances de grandes conquistas históricas do nosso querido Fluminense Football Club. E ainda tinham duas outras TV’s espalhadas pelo Salão Nobre exibindo os mesmos lances. Muitos gols de Flávio, Samarone, Mickey, Manfrini, Dionísio, Rivelino, Paulo César, Doval, Gil, Edinho, Cláudio Adão, Assis, Washington, Romerito, Paulinho, Renato Gaúcho, Marcão, Tuta, Antonio Carlos, Adriano Magrão, Roger, dentre outros.

Num determinado momento, o ex-presidente Francisco Horta foi chamado para fazer uso da palavra. Horta discorreu sobre o vasto e qualificado currículo de JULIO BUENO. Horta disse de forma bem humorada que o Governador Sérgio Cabral “foi buscar o passe” de Julio Bueno, quando este era Secretário Estadual no Espírito Santo, como se fosse o ESCURINHO e o ALTAIR. Neste instante, Horta convidou ESCURINHO e ALTAIR, nossos grandes ídolos dos anos 1950 e 1960, presentes na festa, para subirem ao pequeno palco acompanhando Julio Bueno.

Quando ESCURINHO e ALTAIR subiram ao pequeno palco, foram estrondosamente ovacionados e tiveram seus nomes gritados por todos. Horta lembrou, não só o destaque de ESCURINHO e ALTAIR, não só na história do Fluminense, como na história do futebol brasileiro. No mesmo instante, um tricolor começa a gritar: “FRANCISCO HORTA! FRANCSICO HORTA”! E aí, mais uma vez de maneira bem humorada, Francisco Horta responde: “Não, esse era perna de pau”!

Horta revelou que certa vez conversou com Garrincha e que, este lhe confidenciou que, o melhor marcador que encontrou em sua carreira, foi o nosso ALTAIR. Horta disse que em sua opinião Garrincha foi melhor do que Pelé. Portanto, o nosso ALTAIR foi o melhor marcador do melhor jogador do mundo.

Horta fez uma homenagem à família de Julio Bueno, em especial, a sua esposa. Em suas palavras, “a futura primeira-dama”. E dizendo que a primeira-dama é a “nossa rainha”.

Horta disse: “Quero homenagear todos os companheiros aqui presentes e o manto sagrado tricolor, com muito carinho, com muito amor e com muito respeito”. E Horta conclamou todos os presentes a fazerem uma grande corrente tricolor, com todos de mãos dadas. E Horta, disse: “Uma corrente em que não tem erro. Não tem absolutamente escanteio. É GOL! É GOL! É GOL”! E Horta finalizou puxando em coro: “Ao Julio Bueno, Hip-Hurra! Hip-Hurra! Hip-Hurra! Salve Julio”! E Horta e Julio Bueno foram ovacionados por todos os presentes.

Julio Bueno começou agradecendo ao presidente Horta, o nosso “Eterno Presidente”, pelas palavras. Julio Bueno disse que tinha “um objetivo muito claro, queria dirigir-se em especial aos novos sócios”.

Julio Bueno afirmou que: “Quero enfatizar as palavras do presidente Horta. Esta candidatura não tem grupo! Não tem grupo”! Sendo imediatamente ovacionado e muito aplaudido. Julio Bueno continuou dizendo que: “Esta candidatura pertence a todos os grupos. Todos os grupos. Esta é uma candidatura de um projeto. E que projeto é esse? É um projeto que tem algumas características. É um projeto que permite modernizar o Fluminense”.

Julio Bueno reverenciou as presenças ilustres de ESCURINHO e ALTAIR. E escalou o time inteiro do Fluminense do início dos anos 1960, quando ainda garoto iniciou-se como torcedor tricolor nas arquibancadas do Maracanã. E devido a sua desenvoltura na escalação do time do Fluminense, mais uma vez, Julio Bueno arrancou aplausos e foi ovacionado pelos convidados.

Julio Bueno disse ainda que: “Precisamos avançar e o motivo principal, é que é Fluminense Football Club. E o futebol hoje, não é mais romântico e sim profissional. Profissionalizar o Fluminense. A gente precisa reerguer a questão financeira do Fluminense. A gente precisa reerguer esta sede. A gente precisa discutir o que fazer com esse campo, que é uma coisa formidável e valiosa. A gente precisa modernizar a sede social. A gente precisa fazer com que o Esporte Olímpico do Fluminense tenha recurso suficiente. O nosso projeto não exclui ninguém! É inclusivo”! E mais uma vez Julio Bueno era muito aplaudido de forma entusiasmada.

Julio Bueno lembrou-se de uma matéria que saiu durante a semana no Jornal Extra, dizendo que o ex-presidente Sylvio Kelly dos Santos estava reunindo oposições contra a candidatura da situação. Sobre isso, Julio Bueno disse: “A minha candidatura não é de situação! E eu quero o presidente Sylvio Kelly junto com a gente aqui. E vou fazer todo o esforço para ter todos os ex-presidentes do Fluminense conosco. Todos! Todos! Sem exceção! Não é uma tarefa simples. Vamos ter paciência, clareza, transparência total”.

Julio Bueno falou a todos que: “Essa questão, é uma questão que não é simples. É o maior desafio da minha vida! E de tudo que eu fiz na vida, o Fluminense em nome de sua história de quase 110 anos e dos 9 (nove) milhões de torcedores, é o meu maior desafio. Fazer o Fluminense uma estrela de primeira grandeza. Muito obrigado a todos”.

Julio Bueno terminou agradeceu a todos e a colaboração de seus companheiros na organização do evento, fazendo o “V” da vitória, gesto imortalizado pelo grande centroavante tricolor Mickey. Logo após o discurso de Julio Bueno, foi trazido um bolo de aniversário tricolor, para celebrar o aniversário de Luciana de Farias. O aniversário de Luciana de Farias, "a musa" do grupo de Julio Bueno, ocorreu durante a semana. Diga-se de passagem, Luciana de Farias foi uma das grandes batalhadoras para a realização do evento. No momento do “grand finale”, Julio Bueno foi incessantemente aplaudido por todos os presentes, que logo começaram a gritar delirantemente: “NEEENSEE! NEEENSEE! NEEENSEE”!

Poucos momentos depois, tive a satisfação e a honra de receber a atenção especial de Julio Bueno. E fui logo matando uma dúvida em relação sobre ‘alguns boatos’ que sempre circulam pelas Laranjeiras. Perguntei-lhe se existe alguma possibilidade dele assumir algum Ministério após as eleições presidenciais de outubro. E Julio Bueno foi enfático e categórico: “NÃO! Não sairei mais do Rio de Janeiro”!

Conhecedor de que o Blog “CIDADÃO FLUMINENSE” foi criado basicamente com o objetivo de “LUTAR PELA DEFESA E PRESERVAÇÃO DO ESTÁDIO DAS LARANJEIRAS – MONUMENTO NACIONAL”, Julio Bueno tratou também logo de nos informar sobre sua idéia de preservar e reformar o “ESTÁDIO DAS LARANJEIRAS”, inclusive para a prática de jogos do nosso Fluminense. A idéia de Julio Bueno é aumentar a capacidade do estádio para 25.000 pessoas. Segundo nos contou, visitou recentemente alguns estádios na Inglaterra, tão antigos como o nosso, que tiveram sua capacidade aumentada sem destruir a beleza arquitetônica original.

Evidentemente, que esta é uma grande e alvissareira informação. E digna de celebração. Pois o nosso único objetivo nestas eleições de novembro é demonstrar a todos os tricolores as inúmeras potencialidades de nosso “Estádio Histórico”, verdadeiro “Solo Sagrado” da Seleção Pentacampeã Mundial de Futebol. Destacando-se principalmente, a incrível visibilidade internacional que a cidade do Rio de Janeiro obterá nos próximos anos, com eventos da magnitude de uma Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos, em 2016.

E não podemos esquecer, anteriormente, dos Jogos Mundiais Militares, em 2011, e a Copa das Confederações, em 2013. E uma das propostas do “CIDADÃO FLUMINENSE” é trabalharmos intensamente para definitivamente, introduzirmos o nosso “Estádio Histórico” na rota turística da cidade do Rio de Janeiro, observando-se que o turismo é a atividade econômica que mais cresce e crescerá neste século XXI, que é muito promissor para a economia brasileira.

Julio Bueno continuou exultante, distribuindo simpatia e alegria junto aos convidados. E deu atenção ímpar para alguns personagens da política tricolor que, historicamente poderiam ser rotulados como rivais de seu grupo político. Mas também não deixou de ser atencioso e extremamente gentil com os novos sócios presentes na festa. Julio Bueno está muito seguro e animado em relação a sua candidatura.

Pelo visto, Julio Bueno levará muito a sério o que disse em seu discurso, que: “Farei todo o esforço possível para ter todos ao meu lado. Esta candidatura não tem grupo. Ela não exclui ninguém. É uma candidatura inclusiva”!

Saudações Tricolores

23 comentários:

  1. Eduardo Coelho,
    Apenas uma correção ao Sr. Julio Bueno, quando o mesmo afirmou que: “Quero enfatizar as palavras do presidente Horta. Esta candidatura não tem grupo! Não tem grupo”.
    Tem sim! A candidatura do Sr. Julio Bueno é a candidatura do grupo que hoje apóia veladamente o atual Presidente Roberto Horcades. É a candidatura da situação!
    E mais. Quando o mesmo afirmou: “Esta candidatura pertence a todos os grupos. Todos os grupos”! ele não estava falando a verdade!
    Seguramente, os grupos Flusócio e Tricolor de Coração não estarão apoiando a candidatura do Sr. Júlio Bueno no pleito do próximo mês de novembro.
    Obrigado pelo espaço.
    Abraço, Ricardo Lafayette.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Ricardo Lafayette,

    É um prazer tê-lo aqui debatendo conosco. O espaço está aberto para todos se expressarem livre e democraticamente.

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  3. A candidatura do Julio Bueno é aberta a todo os grupos e pessoas do Flu.
    Logicamente não vem do Horcades.
    Isto é uma mentira que tem como objetivo ser repetida para se tornar "verdade" na cabeça de alguns incautos.
    Ela é aberta a todos que quiserem participar (o Horcades quer, o Horta quer etc...)
    Quem não quiser, como o Sr. Ricardo Lafayette não precisa. Pode apoiar seu candidato mas no fim de 2013 ele se renderá ao bem que JB fará ao Flu.

    ResponderExcluir
  4. Que curioso. Eduardo Coelho era quase que um integrante da Tricolor de Coração. Bastou a TC (com sabedoria) se aliar a Flusócio (a qual odeia, não sei por quê) que ele virou entusiasta da candidatura da situação.

    ResponderExcluir
  5. Caro Carlos Montes
    Se a candidatura do JB fosse realmente aberta, como vc afirma,ele teria feito um convite a todos os sócios do Clube também aberto. Segundo eu soube, o convite foi enviado somente às pessoas que "orbitam" a sua candidatura. A maioria dos poucos presentes ao encontro era constituída dos novos sócios paraquedistas, que não têm ligação alguma com o Fluminense. Que hoje estão sócios e que, com toda certeza, amanhã não estarão. Este tipo de candidatura não encontra eco entre os sócios antigos, pois estes conhecem bem o fim dos que chegam aqui do nada e tentam se eleger presidente. É uma candidatura que já nasce morta, portando não tem como sobreviver. Qualquer candidato que se declarar situação, apoiado por Horcades, estará fadado ao fracasso, por isso JB tenta se colocar o mais distante possível do atual presidente. O corpo de associados não é bobo. Ele sabe muito bem distinguir os canditados que já estão à tempos no clube dos que chegam agora e trazem consigo centenas de novos sócios. JB é um bom nome para whisky. Votar nele, nem bebendo muito.

    ResponderExcluir
  6. Prezado Eduardo Vianna,

    É um prazer tê-lo aqui neste espaço livre e democrático fazendo seu comentário. Mas, se a sua intenção é me atingir de alguma forma, não perca seu tempo.

    Com certeza, você deve ter coisas muito mais interessantes para fazer do que perder seu tempo comigo.

    Seus canais de informações são péssimos, com todo respeito. Jamais fui um "quase integrante da Tricolor de Coração". Participei de algumas reuniões do grupo, com o máximo prazer, na qualidade de convidado. E acredito que tenha colaborado de maneira satisfatória com o grupo com minhas considerações.

    E tenho alguns bons amigos no grupo e pretendo mantê-los. Isso te incomoda??? Te causa ciúmes, minha boa relação com a Tricolor de Coração???

    Sobre a Tricolor de Coração e a Flusócio terem se aliado, parabenizo os grupos pela aliança. Pois, era o que buscavam e o que lhes interessava. Do contrário não fariam aliança. Portanto, minimize 'a sabedoria' dos grupos. Não é preciso ser nenhum gênio da política pra se fazer uma aliança.

    E sobre 'virar entusiasta da candidatura da situação', posso lhe dizer que não sou torcedor de candidato. Sou torcedor do Fluminense! Mas, sua observação chega a ser hilária.

    Mas, observo que sua capacidade de análise é muito curta e limitada. Você me chama de 'entusiasta da candidatura da situação' provavelmente pelo texto que leu? Visão um pouco estreita a sua, mais uma vez com todo respeito.

    Entretanto, meu caro, lendo suas palavras, pode-se compreender perfeitamente alguns elementos da política tricolor e suas características fratricidas. Mas, não conte comigo nesta mediocridade.



    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  7. Prezado Rogério,

    É um prazer tê-lo aqui neste espaço livre e democrático debatendo conosco. Não quero me intrometer em seu debate com o prezado Carlos Montes, mas só tentando ajudar com informações mais precisas e corretas. Não procede, "SEGUNDO VOCÊ SOUBE", que o convite foi enviado somente às pessoas que "orbitam" a candidatura de Julio Bueno.

    Estive lá e "não estou na órbita de ninguém". Estou na órbita do Fluminense!!! E vários outros sócios, inclusive apoiadores do Mauro Carneiro, Rodrigo Nascimento, também estiveram por lá. E numa boa! Para minha agradável surpresa tinha até filiado da Flusócio.

    E pelo que me consta, todos estes tricolores não estão na órbita de Julio Bueno. E você escrevendo algo, "segundo você soube", pode ser incompreendido. E alguém pode ficar ofendido com suas palavras (não é o nosso caso aqui, fique tranquilo). Mas, compreendo perfeitamente, isso deve ser mais "beicinho" ou "ciúme" de quem não recebeu convite para uma festa sensacional.

    Tinham até alguns sócios de grupos tradicionais da política do Fluminense, que são constantemente "achincalhados", por elementos que se julgam mais tricolores do que os outros. Mas, quando chega o período de eleição são cortejados por todos os que querem o poder. Até pelos ditos 'revolucionários' que os achincalhavam anteriormente e que 'possuem a iluminação divina' de transformar o Fluminense.

    Mas, tudo isso é "discurso pro freguês ouvir". Compra quem quer comprar!!!


    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  8. Essa eleição já está dando o que falar. O clima tá começando a ficar bom... Nada mal para minha primeira votação.

    Alguns comentários: sobre o discurso de Júlio Bueno achei ridículo. Parecia político prometendo mundos e fundos. Só não ouvi, nem nunca vi até agora, nada de mais concreto sobre como pretende fazer tudo isso que ele e todos tricolores sonham. Projetos, prioridades, planos e/ou metas de curto, médio e longo prazo, confesso que não conheço. Apenas palavras vazias, prometendo revolucionar o Fluminense, fazer o que nunca foi feito, dar jeito no que sempre esteve errado. Como? Não sei e não me parece que ele saiba também. Me pareceu claramente uma festa no clima de oba-oba querendo levar a galera no calor da emoção do momento.

    No jogo do último domingo no Maracanã, onde nosso Fluzão goleou o Friburguense, era quase unânime entre os torcedores com os quais resenhamos no intervalo, a desaprovação em relação ao Julio Bueno. Alguns diziam que ele nunca fez nada pelo Fluminense nestes anos todos exercendo cargos de influência no Poder Executivo. Enquanto o botafogo tem patrocínio da Petrobrás (Liquigás), o flamengo sempre teve da mesma empresa ao longo de muitos anos, e o vasco tem agora o da Eletrobras, o Fluminense nunca recebeu nada das estatais.
    Diziam também alguns que ele era o Conselheiro que menos se via nas reuniões do clube.
    E ainda, outros afirmaram categoricamente que quando o Fluminense caiu pra serie C, ele abandonou de vez o clube e disse em alto e bom som que não queria mais saber de Fluminense, o que se pode comprovar nos anos seguintes...

    Enfim, política é isso daí. Opinião e voto cada um tem o seu. Resta agora ao Sr Julio Bueno mostrar a esse eleitorado ao que ele veio.

    Aguardamos anciosos.

    ST.

    ResponderExcluir
  9. Sou da Agência Joe's (http://www.agenciajoes.com.br) e estou divulgando uma ação bem legal do Blog Os Geraldinos.
    A ação, chamada "Seja um Geraldino", consiste em escolher através de um concurso cultural um blogueiro oficial de cada time, para postar no blog: http://www.orgeraldinos.terra.com.br
    Neste link, dá pra endender melhor a mecânica da ação: http://bit.ly/9EHuQZ

    Esta é a comunidade do orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=54999320

    A página do facebook: http://www.facebook.com/pages/Os-Geraldinos/283415746249

    O twitter: http://www.twitter.com/os_geraldinos

    Gostaria de saber se você tem interesse de divulgar no seu blog.

    Aguardo sua resposta!

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  10. Caro Eduardo.
    Quando eu escrevi que "segundo eu soube" não foi nenhum coelho tirado da cartola como num passo de mágica e não foi também tipo "um passarinho me contou". Quando eu disse "segundo eu soube" foi porque eu ouvi, em alto e bom som, da boca de uma coordenadora da campanha do JB que os convites foram feitos às pessoas que "orbitam a campanha do candidato."
    Realmente, não recebi nenhum convite para o encontro, mas tenha certeza não é ciúme e nem beicinho. Já tinham conhecimento da minha posição com relação aos candidatos e por isso, assim fui informado, seria perda de tempo um chamamento formal à minha presença.

    ResponderExcluir
  11. Caro João Tricolor.
    Li atentamente seu comentário e estou plenamente de acordo com suas palavras. Foi muito feliz nas suas colocações e quero parabenizá-lo por isto.
    Quero parabenizá-lo também pela colocação minúscula, propositada, quando se referiu aos nossos rivais acima, sem nenhuma grandeza. É assim mesmo que se escreve: b, f e v - bem pequenos.

    ResponderExcluir
  12. Prezado Rogério,

    Parece que não conseguimos nos expressar claramente. Quando escrevi sobre "beicinho" e "ciúme" não me referia a você. Pois, como você disse, "segundo eu soube", me referia ao tal "passarinho".

    Mas, meu caro se você acreditar em tudo que assessor ou coordenador de candidato fala... Já viu, né?


    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  13. Foi legal o evento, muito bem organizado.

    O Horta é ligado ao Horcades?

    ResponderExcluir
  14. Se o Júlio Bueno ganhar as eleições, podemos chamar um padre para realizar a extrema-unção do Fluminense F.C...

    ResponderExcluir
  15. Pois é...
    Organizar uma festa é fácil demais, só dá trabalho aos promoters de eventos. O Fluminense precisa de gente que conheça bem seus problemas, de gente que frequenta o clube e tem conhecimento das suas necessidades. O Fluminense não carece de pessoas que outrora o abandonaram e que hoje, numa possível projeção pessoal, tendo em vista a realização de eventos como a Copa do Mundo (2014) e as Olimpíadas (2016), tentam se eleger. Os dois eventos estariam compreendidos dentro dos próximos mandatos - triênios 2011,2012,2013 e 2014,2015,2016. Fácil demais para quem quer aparecer, mas como DEUS é justo, não há de permitir.
    Antes da extrema-unção do FFC, enterremos o JB.

    ResponderExcluir
  16. Prezado Rogério,

    Mais uma vez é um grande prazer tê-lo aqui conosco neste espaço livre e democrático.

    Creio que você tem todo o direito de externar suas opiniões e idéias. Não tenho a mínima intenção de defender o candidato que você ataca.

    Porém, quando você usa a expressão "ENTERREMOS O JB", referindo-se ao candidato Julio Bueno, creio que aí está pegando pesado. E se utilizando deste espaço livre e democrático com esta finalidade. Como disse anteriormente, não tenho intenção, nem procuração para defendê-lo. Só quero preservar o "BOM NÍVEL" dos debates neste blog. E espero contar com sua compreensão.

    Não creio que, este tipo de manifestação irá melhorar em alguma coisa o processo político tricolor ou propriamente o nosso Fluminense. Porém, fiz questão de registrar sua mensagem, com a finalidade de sinalizar 'didática' e 'pedagogicamente' que este tipo de comunicação, que demonstra e incita a "RAIVA", não é apropriada por aqui. SERÁ QUE É DESTA FORMA QUE TRANSFORMAREMOS O FLUMINENSE???


    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  17. Prezado Eduardo,

    Também não tenho procuração para defender o Eduardo Viana que, aliás, sequer conheço, mas, como sócio recente do clube que, infelizmente, "caiu de pára-quedas" para participar do próximo pleito só, e somente só, por não aguentar mais sofrer com as derrotas e vergonhas que esses militantes do poder impõem há anos ao nosso amado Flu, tenho a impressão, ao ler esse interessante blog, que efetivamente a Flusócio não é muito bem quista por sua pessoa.

    Suas manifestações com relação a tal grupo levam sempre um tom pejorativo, irônico, parecendo ter o escopo de desqualificar o valoroso grupo que, a par dos defeitos que certamente tem, me parece ser composto por pessoas que querem um Flu melhor para todos nós.

    Ao revés, quando vc menciona os nomes de Julio Bueno, Marcos Furtado, etc., o tom é entusiasta, mais elogioso.

    Veja bem, não estou criticando não, apenas levantando a questão porque, como disse, vou participar do processo eletivo do clube e toda informação sobre a política do mesmo para mim é bem vinda, embora confesse que tudo que se liga a essas pessoas que "orbitam" o poder instituído há anos já me cause desconfiança.

    Obrigado pela atenção e vamos firme buscar a retomada de um Flu vencedor, organizado e moderno como outrora conhecemos.

    André Godinho

    ResponderExcluir
  18. Prezado André Godinho,

    É um grande prazer tê-lo aqui debatendo conosco. E sua impressão,fique tranquilo, não tenho nada contra o grupo Flusócio, em que vejo várias qualidades. Tenha certeza que, se tivesse algo contra o grupo, 'o poder de fogo' deste blog seria inesgotável.

    Discordo quando diz que as manifestações deste blog em relação ao grupo possuem um tom pejorativo e de desqualificar o valoroso grupo Flusócio. Além de discordar, isto não é verdade. Sobre a 'ironia', sem problemas. Isto não é crime, muito menos pecado. E faz parte da linguagem jornalística. André, querer um Flu melhor para todos nós, todos os atores políticos querem. Só depende do cliente (eleitor) gostar mais deste ou daquele discurso.

    Sobre ser elogioso ao Marcos Furtado e Julio Bueno é só impressão sua. Da mesma forma que escrevo sobre eles, escrevo sobre o talentoso PETER SIEMSEN, pessoa que tenho um carinho especial. Só que meus encontros com PETER tem sido poucos e não por minha causa. Pois, como poucos "estou sempre no Clube".

    Já disse várias vezes para alguns amigos integrantes da Flusócio, que ao contrário do que alguns pensam, contribuo de forma positiva com o grupo, quando faço 'análises críticas construtivas', coisa que poucos fazem. Principalmente, faltando poucos meses para a eleição e com o grupo tendo grandes chances de vitória.

    Aí, nessa hora, André, muitos querem parecer 'mui amigos'. Mas, este não é o caso deste blog. Apenas queremos "desenvolver e explorar as potencialidades da nossa inteligência" e "contribuir efetivamente para o fortalecimento do Fluminense".




    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  19. Caro Eduardo,

    Repetindo frases e textos que foram escritos acima:
    Frase l - "Diziam também alguns que ele era o Conselheiro que menos se via nas reuniões do clube".
    Frase 2 - "E ainda, outros afirmaram categoricamente que quando o Fluminense caiu pra serie C, ele abandonou de vez o clube e disse em alto e bom som que não queria mais saber de Fluminense, o que se pode comprovar nos anos seguintes...”
    Texto 3 - "Só não ouvi, nem nunca vi até agora, nada de mais concreto sobre como pretende fazer tudo isso que ele e todos tricolores sonham. Projetos, prioridades, planos e/ou metas de curto, médio e longo prazo, confesso que não conheço. Apenas palavras vazias, prometendo revolucionar o Fluminense, fazer o que nunca foi feito, dar jeito no que sempre esteve errado. Como? Não sei e não me parece que ele saiba também. Me pareceu claramente uma festa no clima de oba-oba querendo levar a galera no calor da emoção do momento".

    Não foi minha intenção incitar a raiva como você colocou. Se ficou demonstrado um sentimento de ira, também foi sem querer. A expressão “enterremos o JB” não significa, categoricamente, o desejo de sua morte. Não, longe disto. “Enterremos o JB” quer dizer que não devemos alimentar uma candidatura que já nasceu morta, tendo em vista o seu passado dentro do Fluminense – frases 1 e 2.
    Quando era conselheiro, tendo por obrigação fiscalizar o destino do clube, acumulou faltas e mais faltas nas reuniões realizadas.
    Quando o Fluminense caiu para a terceira divisão, ele simplesmente lhe virou as costas e sumiu do clube.
    Como os próximos 6 anos se tornam um período atrativo à imagem de quem estiver na presidência de um clube, ele retorna com promessas – texto 3.
    Particularmente, não tenho nada contra o indivíduo Júlio Bueno. Contudo, suas atitudes como sócio e conselheiro não o credenciam ao cargo requerido.

    ResponderExcluir
  20. A fluchatos ou flusocios é uma aberraçao que da nome aos novos vanguardistas.
    Enquanto isso esperamos que vença essas eleiçoes alguem competente e compromissado com o clube, algo que nao ocorre desde 1985 aja vista de desde essa data nunca mais tivemos um time que nos orgulhasse.

    ResponderExcluir
  21. Pois é Eduardo,
    Acho que o Sr. Rogério já disse muita coisa aqui sobre o Sr. Júlio Bueno.
    Mas ainda tem mosqueteiros e Dartanhans que não pensam assim.
    Depois de ajudar a empurrar o clube para o abismo da Série C e ainda dar as costas para o clube nos anos seguintes, o Sr. Julio Bueno aparece agora de para-quedas, cerceado pela turma da boquinha, se dizendo o salvador dos rumos do Fluminense.
    Por que não faz algo agora, já que quem está a frente do clube irá lhe dar respaldo nas eleições de novembro ?
    Por que não contribui com seus "projetos" e "soluções" ainda este ano, antes que algo pior venha a acontecer com o clube antes do pleito de novembro ?
    Poderia contribuir com os rumos do clube, já que todos os que o cercam não cansam de elogiar sua trajetória "fora do clube", na iniciativa privada e à frente de órgãos públicos !
    Mas com certeza não o fará, pois o que interessa é estar a frente do clube nos anos 2014 e 2016 !
    Ainda bem que existem uns chatos como os da Flusócio, e na qual eu me incluo, que sabe que não cabe mais espaço para oportunistas na presidência do Fluminense e que conduzirá Peter Siemsen a iniciar o processo de recuperação, modernização e profissionalização do Flu, que infelizmente, não se concluirá antes de no mínimo, uns 10 anos.
    Obrigado mais uma vez ao espaço.
    Ricardo Lafayette.

    ResponderExcluir
  22. Sócios tricolores não vamos cair nas falácias do Júlio Bueno, que como foi dito anteriormente está na cara que está usando o clube como trampolim para suas futuras pretenções políticas para os próximos anos dourados (2014 e 2016).

    ST

    ResponderExcluir
  23. Dartagnam Barros Machado R. Simões de Orleans Lins e Silva8 de março de 2010 18:49

    Sr Ricardo Lafayette(hum santa nome masculo)so tenho a lamentar por vc ser mais um fluchato ou flusocio, mas se vc fizer um cursinho intensivo de leitura e interpretação vai verificar que no meu comentário não faz hora alguma alusão a apoio ao Sr Julio Bueno mas sim ha um candidato competente, que sinceramente os dois candidatos de situação que apareceram até agora não é.
    O seu candidato Peter Motorolla tambem se omitiu qnd o Fluminense precisou de uma palavra forte do vulgo "oposição" e ele horcadianamente se calou.
    Ah pelo Fluminense eu serei um Dartanham, um Dom Quixote de La Mancha, Superman o Diabo ser for necessário simplesmente pq o Fluminense é o que mais amo na minha vida.

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO! SE QUISER PARTICIPAR DE NOSSOS EVENTOS, SORTEIOS E BOLETINS, BASTA ENVIAR UM EMAIL PARA A CONTA CIDADAOFLU@GMAIL.COM