domingo, 3 de abril de 2011

Os retratos de Gil Carneiro de Mendonça e Álvaro Barcellos

Sempre fiquei intrigado pelo fato dos retratos de Gil Carneiro de Mendonça e Álvaro Barcellos não estarem na Sala de Troféus do Fluminense. E sempre procurava conversar sobre o assunto com pessoas mais experientes e com muitos anos de Fluminense. Certa vez perguntei a um Benemérito o motivo. E ele me informara que os dois não tinham completado o seu mandato, por isso o retrato com suas fotografias não estavam lá na Sala de Troféus. E o Benemérito dizia que isto estava no Estatuto.

Não quis polemizar com o Benemérito. Porém, minha memória me lembrava que o Fluminense teve o presidente Antonio Leite que também renunciou ao seu mandato. E o seu retrato está lá bonitinho na Sala de Troféus do Fluminense. Então, para não polemizar, resolvi ler o Estatuto sobre o assunto. E não encontrei nada dizendo sobre algum impedimento de colocar o retrato de algum presidente que tenha renunciado.

Numa outra ocasião tive a oportunidade de conversar calmamente sobre este assunto com o Benemérito Argeu Affonso. E tínhamos um mesmo pensamento: os retratos com as fotografias de Gil Carneiro de Mendonça e Álvaro Barcellos devem ser colocados na Sala de Troféus do Fluminense.

O fato dos referidos presidentes terem tido resultados insatisfatórios em determinado esporte não os excluem da história do Fluminense. Não excluem os anos de dedicação de suas vidas ao nosso Clube. Considero uma atitude equivocada a falta dos retratos de Gil Carneiro de Mendonça e Álvaro Barcellos. E também não acredito que seja correto, escondermos algo (ou alguém) que faz parte de nossa história.

Por isso, fiquei muito satisfeito com o discurso do Benemérito Argeu Affonso sobre este assunto, na última quinta-feira, durante a reunião do Conselho Deliberativo. E gostaria de parabenizá-lo mais uma vez por isto. Não será escondendo os retratos de Gil Carneiro de Mendonça e Álvaro Barcellos que resolveremos alguns problemas do Fluminense. Não será impedindo que se coloquem os seus respectivos retratos, que os anos de suas administrações sumirão da história do Fluminense. E até acho que não devem ser esquecidas. Como também não acredito que, só estes dois presidentes tenham cometido erros no período de suas administrações.

Espero que o presidente Peter Siemsen seja mais um tricolor engajado nesta empreitada. Não devemos demonizar ou santificar ninguém. Portanto, que possamos colocar os retratos com as fotografias dos ex-presidentes Gil Carneiro de Mendonça e Álvaro Barcellos na Sala de Troféus do Fluminense. Isto é um compromisso com a verdade e com a história do Fluminense.

5 comentários:

  1. Acho que as fotos ficaram com vergonha dessa sala ou melhor depósito de troféus do Flu, e sairam fora!

    ST

    ResponderExcluir
  2. Conselheiro Claudio Ramos4 de abril de 2011 14:03

    Benemérito Argeu Affonso, um ícone do nosso querido FLUMINENSE, felizmente temos ele ao nosso lado e infelizmente não é melhor aproveitado !!!

    ResponderExcluir
  3. Prezado Eduardo

    Nessa você me surpreendeu. A maioria esmagadora da torcida acharia esse assunto idiota, imbecil ou chato. Ele é interessantíssimo para o futuro. Parabéns pela bola levantada.

    Eu sinceramente espero um dia chegar ao FFC com meu filho e entrar na sala de troféus dos meus sonhos. Os 30 troféus estaduais organizados por ano, os turnos estaduais, os torneios início (10; aonde está a Taça devolvida de 1924?), os nacionais (5, incluindo a Série C de 1999 cujo Troféu eu nunca tive a oportunidade de vê-lo pessoalmente), os internacionais e a Taça Olímpica (não entendo a razão pela qual não temos uma réplica). A sala com o Troféu da Copa do Brasil restaurado. Tudo organizado e limpo. Uma sala de troféus em que se possa passar horas apreciando, estudando, entendendo e sonhando. E nessa sala estariam as fotos de todos os Presidentes do FFC.

    Eu sempre pensei que as fotos do Gil Carneiro de Mendonça e do Álvaro Barcellos não estavam lá por causa de suas administrações. Eu não sei o que seria melhor: 1. não ter a foto e o espaço, 2. ter o espaço em branco, ou, 3. ter a foto no seu lugar. Eu só acho que todos àqueles que diretamente estão relacionados ao período mais negro da história do FFC têm de estar de alguma forma marcados. E marcados para sempre, de forma a que todos os que visitarem nossa sala possam se lembrar. E além dos dois cidadãos citados, o senhor Horcades também deverá estar devidamente marcado.

    Essa é uma decisão que deve ser analisada e decidida com cuidado. Mas o que eles fizeram não pode ser esquecido ou ser apenas do conhecimento dos poucos que se interessam pela história do FFC. Afinal de contas, a maioria dos torcedores só se preocupa se o time ganhou, empatou ou perdeu.

    ST

    JP-FFC

    ResponderExcluir
  4. Eduardo,
    é só isso que você tem a dizer sobre a última reunião do cdel? Seus leitores mereciam uma cobertura melhor hein. Ouvi dizer que o pessoal da Flusócio teve participação muito boa no processo de reprovação das contas do Horcades, com ótimas intervenções na tribuna.

    Um abraço do seu leitor assíduo,
    Marcelo TYF

    ResponderExcluir
  5. Apenas uma correção:

    A Taça do Torneio Início que foi devolvida foi de 1927, e não de 1924.Confirmei essa informação ontem na RSSSF.

    ST

    JP-FFC

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO! SE QUISER PARTICIPAR DE NOSSOS EVENTOS, SORTEIOS E BOLETINS, BASTA ENVIAR UM EMAIL PARA A CONTA CIDADAOFLU@GMAIL.COM