segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Terrorismo sobre o "Impeachment"

Alguns grupos de oposição vem fazendo certo “TERRORISMO” com a possibilidade de que venha a ocorrer o “IMPEACHMENT” do medíocre presidente Horcades. E as principais vítimas, são em sua grande maioria os novos tricolores (grande maioria de jovens) que se associaram recentemente ao clube e estão ávidos por informações sobre a política do Fluminense.

É bom esclarecer que, caso o presidente Horcades seja retirado por processo de “IMPEACHMENT”, as pessoas que se associaram recentemente para votar em novembro de 2010, “CONTINUAM COM SEUS DIREITOS ASSEGURADOS E ESTARÃO CAPACITADAS PARA VOTAR, PARA PRESIDENTE”. Essas pessoas só não teriam direito a votar na eleição que ocorre nos 45 dias subseqüentes ao “IMPEDIMENTO” do medíocre presidente Roberto Horcades. No caso do “IMPEACHMENT” aprovado, assume o Vice-presidente Geral, sr° José de Souza com a responsabilidade de convocar novas eleições para um prazo de 45 dias.

Aí sim, nessa eleição 45 dias após o “IMPEACHMENT” do medíocre presidente Horcades, os novos sócios não poderiam votar. Mas, “MESMO COM A APROVAÇÃO DO IMPEACHMENT DO PRESIDENTE HORCADES TODOS OS NOVOS SÓCIOS ESTARÃO APTOS PARA VOTAR PARA PRESIDENTE EM NOVEMBRO DE 2010”.

O Blog “CIDADÃO FLUMINENSE” não pertence a nenhum grupo político tricolor. Uma de nossas metas é contribuir para o aperfeiçoamento do processo político do Fluminense, que ele possa tornar-se cada vez mais transparente, ético e democrático. Logicamente, em determinado momento poderemos atrapalhar interesses do grupo A, B ou C. Inclusive grupos de certo prestígio. Não é esta nossa intenção! É apenas colaborar para que os tricolores que irão votar em novembro de 2010 e muito especialmente os novos associados (grande maioria de jovens) possam fazer suas análises livremente, sem cabrestos ou tentativas de manipulação de quem quer seja.

Estaremos torcendo e rezando para que o nosso querido Fluminense possa se livrar desse vexame. Segundo o grande matemático “tricolor” Oswald de Souza, após a derrota para a equipe do Santos, “O FLUMINENSE TEM 95% DE CHANCES DE SER REBAIXADO”. Se isso ocorrer alguém terá que ser penalizado. É fato que alguns grupos de oposição querem manter o medíocre presidente Horcades no poder até novembro de 2010, para ele “CAIR DE PODRE”. E também para impedir que o Vice-presidente Geral, sr° José de Souza assuma o poder. Mas, causa certa curiosidade o porquê de tanto receio do Vice-presidente Geral assumir o poder. “É IMPOSSÍVEL ALGUÉM SER PIOR DO QUE O MEDÍOCRE PRESIDENTE HORCADES”!!!

O “CIDADÃO FLUMINENSE” não tem procuração, contato e nem interesse em defender o Vice-presidente Geral, sr° José de Souza. O “CIDADÃO FLUMINENSE” TEM INTERESSE EM DEFENDER O FLUMINENSE FOOTBALL CLUB, SUA HISTÓRIA GLORIOSA, SEU PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO E HISTÓRICO E SUA TORCIDA MARAVILHOSA! Para isso, o esclarecimento dos fatos e dúvidas, as análises críticas e os mais variados questionamentos, sem preconceitos, são de fundamental importância para o enriquecimento do processo político do Fluminense e a elevação do nível do debate.

Saudações Tricolores

10 comentários:

  1. É isso aí, Eduardo. O seu site (blog) é o único onde temos verdadeiras informações sobre o que rola de verdade, DENTRO do Fluminense FC.

    O trabalho que você faz, é muito valioso. Obrigado!

    A propósito, havia muitos tricolores assistindo ao jogo contra o Santos no clube? Estava em viagem e não pude ir.

    ST.

    ResponderExcluir
  2. Acho que o principal problema de um Impeachment para os grupos de oposição é que irá tirar o foco da campanha de associação em massa... os grupos políticos vão parar suas campanhas de conscientizar os tricolores a se associar e, após o prazo acabar, a IR VOTAR!

    Suas forças vao ser divididas em acompanhar uma pessoa tão ruim quanto Horcades (Zé de Souza) por 45 dias e depois se preocuparão com eleições...

    Os projetos da oposição talvez ainda não estejam todos fechadinhos... as novas eleições obrigarão a oposição a buscar o poder sem um plano de urgência! E não é de uma hora para outra que vamos consertar o Clube... a oposição pode até ficar QUEIMADA por assumir no meio desse turbilhão, com o ano basicamente perdido! Não tem pessoa que dê jeito no Flu nesse ano! Estamos esperando um milagre e uma força sobrenatural dos jogadores para não cairmos!

    Na minha opinião, é bagunçar ainda mais o que já está bagunçado!

    ResponderExcluir
  3. Rogério Pecegueiro1 de setembro de 2009 14:04

    Só para esclarecer:
    Segundo o estatuto do Clube, o Impeachmente do presidento do Clube será que ser votado pelo Conselho Deliberativo. Aporvado, aí assume o Vice-Presidente geral de forma intelina, que terá prazo máximo de 45 dias para convocar novas eleições do presidente. Eleito, esse presidente assumirá o cargo interinamente até o final do atual mandato 2008/2010, quando terá as eleições do Clube em novembro de 2010, quando os novos sócios poderão votar.

    Caso o atual preseidente se afaste do cargo, por quanquer motivo que não seja o Impeachment, o Vice-presidente geral assumirá diretamente o gargo (sem precisar convocar eleições) interimamente até que se encerre a atual gestão (2008/2010).

    Resumo: As eleições de 2010 acontecem mesmo com o afastamento do Horcades, por qualquer motivo.

    Rogério Pecegueiro
    super_flu100@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Caro Eduardo,vc vem dando um show de cidadania e de postura democrática,mesmo com posições firmes,pois não são excludentes.faço parte do grupo Ideal Tricolor e não me incluo (e nem meu grupo)nesse episódio.Para não ficar dúbio ou em aberto seria interessante que vc desse nome aos bois,para não invalidar suas análises tão fortes e construtivas ao nosso querido FLU.Grato ,Professor Ivan Proença Filho.

    ResponderExcluir
  5. Prezado João Tricolor,

    Obrigado pelas palavras de apoio e incentivo. Havia um número razoável de pessoas no clube, um belo domingo de sol, mas infelizmente o nosso querido Fluminense perdeu. Ao final da partida, várias pessoas conversavam em grupos. Todos já começavam a demonstrar desespero com a proximidade da "tragédia".

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  6. Prezado Professor Ivan Proença Filho,

    Obrigado pelas palavras gentis e elogiosas. Os grupos políticos que costumeiramente tem criticado, pela internet, o presidente Horcades, são a Flusócio e Pavilhão Tricolor. São grupos que apresentam eficiência em seus trabalhos através da internet. Várias vezes foi possível lermos em seus blogs, orientações a esse respeito. E também em conversas com pessoas proeminentes destes grupos, sobre o quadro político tricolor. Muitos jovens que se associaram agora, vieram questionar a aprovação de um impeachment com receio de não poderem votar em novembro de 2010. Fizemos o alerta para os mais próximos. Como não posso ser ingênuo em acreditar que alguém desconheça o "Estatuto do Fluminense" neste aspecto, só me resta crer, que seja alguma estratégia. O que é extremamente válido. Porém, o "CIDADÃO FLUMINENSE" sempre estará firme na questão de informar claramente aos sócios do Fluminense sobre os "seus direitos", principalmente na questão eleitoral.

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  7. Oi Eduardo!
    Nos conhecemos na reunião do Movimento e eu sou uma das pessoas preocupadas com esse Impeachment. Não por não poder votar em 2010 - a princípio! - mas porque enxergo ai uma tentativa de queimar a oposição em um mandato curto e aprovar a alteração do estatuto para exigir 2 anos de associação para voto. Isso seria péssimo!
    De qqualquer forma, você tem todo o direito de colocar sua opinião.
    Forte abraço,
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  8. Prezada Fernanda,

    Muito obrigado por expressar sua opinião neste espaço democrático e respeitoso. Mas, o que escrevi neste artigo, não é opinião, é fato! O "CIDADÃO FLUMINENSE" não é torcedor de grupo político algum do Fluminense. O "CIDADÃO FLUMINENSE É TORCEDOR DO FLUMINENSE FOOTBALL CLUB".

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  9. Para esclarecer melhor:
    Caso aconteça o impedimento do Presidente do Fluminense, segundo o Estatuto quem convoca a Assembléia Geral para eleição de um novo Presidente não é o Vice-Geral (Sr. José de Souza) e sim o Presidente do Conselho Deliberativo, num prazo de 45 dias da aprovação do impedimento.
    Significa dizer que:
    Exemplo
    Se as eleições acontecerem 10 dias depois da aprovação do impedimento e se o novo Presidente for empossado 3 dias após, o Vice-Geral só ficará no cargo inteinamente 13 dias.

    ResponderExcluir
  10. Prezado Do Val,

    É um prazer enorme contar com sua participação. Todos nós agradecemos seus esclarecimentos. Eles são importantes e enriquecedores para nossas análises.

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO! SE QUISER PARTICIPAR DE NOSSOS EVENTOS, SORTEIOS E BOLETINS, BASTA ENVIAR UM EMAIL PARA A CONTA CIDADAOFLU@GMAIL.COM