sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Sem condições de dirigir a "Máquina"

No último sábado, dia 29 de agosto, realizava-se no Ginásio João Coelho Netto – “PREGUINHO” uma partida entre o Fluminense e o Tijuca Tênis Clube, na categoria juvenil (15 anos). O basquete como sabemos é um esporte de muito contato físico e num determinado momento, ocorreu um desentendimento entre os jogadores, algo que pode ser considerado normal numa partida disputada.

Simultaneamente a realização da partida, na churrasqueira ao lado do ginásio acontecia o churrasco do grupo político FLUSÓCIO e alguns membros do grupo assistiam à partida. O problema é que alguns destes membros da FLUSÓCIO estavam um tanto quanto “BÊBADOS”, bem acima do limite permitido pelo “BAFÔMETRO”.

Resultado: "alcoolizados" invadiram a quadra para “SE INTROMETER NA BRIGA” com os jogadores de 15 anos de idade do Tijuca Tênis Clube e seus pais. Foi à maior confusão, sendo necessária a intervenção da segurança do Fluminense para acalmar os ânimos. Esperamos que ao término da confusão, os FLUSÓCIOS não tenham dirigido automóveis, respeitando a “LEI SECA”. Pois, quem pretende dirigir uma “Máquina” tem que ter discernimento quando “não tem condições”.

Saudações Tricolores

5 comentários:

  1. Prezado Sr. Eduardo Coelho,

    O senhor estava lá? Viu o que aconteceu? Como pode dizer isso??? Nós apoiamos o time do Flu de basquete, torcemos muito, perdemos o jogo mas mesmo assim batemos palmas para o nosso time.

    Um jogador do Tijuca, mais velho, de outra categoria, invadiu a quadra, agrediu um jogador tricolor e fico rindo, xingando o time do Flu e "armando a base" o tempo todo. Os treinadores e parentes separaram a briga.

    A Flusócio não invadiu a quadra e não começou nenhuma confusão. Não seja leviano e irresponsável.

    Eu estava lá e vi tudo. Além disso, até onde eu sei, o senhor e não a Flusócio é quem foi protagonista de uma briga dentro do salão nobre do clube!

    Pare de fingir ser o porta-voz da verdade. O senhor é um irresponsável. Mesmo que um membro da Flusócio tivesse bebido demais, isso não desqualifica o grupo como o senhor quer. Não é correto julgar a Flusócio por um imaginário ato de um ou dois de seus membros. Não é correto nem julgar uma pessoa por apenas um ato errado, que nesse caso nem ocorreu.

    Em tempo, falo em meu nome e não no dá Flusócio.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Sr° Felipe Dias,

    É um prazer poder responder seu comentário.

    Eu não estava no Palácio do Catete, na manhã de 24/08/1954, mas sei que Getúlio Vargas suicidou-se. Sei que o fato ocorreu, pois procuro ficar bem informado. Quero agradecer, por não ter utilizado nenhuma palavra que não merecesse ser publicada. Aqui, fazemos um debate democrático, civilizado e sem ataques pessoais. Como ditam as normas de etiqueta de um "bom tricolor".

    Sobre eu ser leviano ou irresponsável, você está muito enganado. Talvez seja melhor, obter informações a meu respeito com o PETER SIEMSEN. Pelos elogios que ele já fez ao trabalho que faço através do "CIDADÃO FLUMINENSE", com toda certeza ele não comunga da mesma opinião que você a meu respeito.

    Sobre o "lamentável episódio" do qual "FUI VÍTIMA SENDO COVARDEMENTE AGREDIDO" no Salão Nobre, você está pessimamente informado. Só espero que, se em algum dia você vivenciar um episódio deste, como eu, "DEFENDA O NOSSO CLUBE COMO EU PROCUREI DEFENDER". Sobre estar mal informado a este respeito, você mesmo deixa claro quando diz "até onde eu sei". Eu até tenho o direito (ainda) de processar o clube pela covardia de que fui vítima. Mas não faria isso jamais! O FLUMINENSE É A MINHA VIDA! E também tenho o direito (ainda) de processar o presidente do clube, o sr° Roberto Horcades como responsável. Jamais contribuirei para colocar o nome do Fluminense "na lama". Portanto, "O LEVIANO E IRRESPONSÁVEL NÃO SOU EU". E para que você saiba, o advogado que me orientou e me incentivou a processar o presidente Horcades, pertence a Flusócio. Portanto, Felipe não brinque com coisas sérias!

    Você me acusa de "fingir ser o porta voz da verdade", rs,rs,rs... Eu já passei da fase de querer ser o porta-voz de alguma coisa, muito menos da verdade. Não sou eu que tenho esta "pretensão arrogante". E mais uma vez você me chama de irresponsável??? Que coisa feia! Pelo visto você ficou muito incomodado com o artigo que escrevi. Sinto muito, não era esta minha intenção. Mas pelo menos você não negou o fato ocorrido. Até porque seria um ato "muito feio". Pelo contrário, você até deu até detalhes.

    Em nenhum momento desqualifiquei o grupo Flusócio como você disse. Apenas relatei "FATOS". Se os fatos foram desagradáveis, mais uma vez "sinto muito". Eu não joguei, não bebi e não briguei. Eu julgar alguém? Você é que está me julgando e me "INSULTANDO".

    Presenciei todos os churrascos da Flusócio. E este foi o primeiro que não fui. Nunca ocorreu nenhum tumulto. Pelo jeito eu dava sorte pra Flusócio.

    Felipe, "aqui desse lado não tem nenhuma criança", saiba disso! Esse papo de "falo em meu nome e não no dá Flusócio" pode colar lá "NO PARQUINHO DO FLUMINENSE, QUE É O LOCAL ONDE AS CRIANCINHAS DEVEM BRINCAR". "AQUI NÃO!

    Se você, ou outra pessoa de seu grupo continuar tendo "REAÇÕES DESEQUILIBRADAS E TRUCULENTAS" como esta, toda vez que alguém fizer um relato ou alguma crítica a respeito da Flusócio, infelizmente, "VOCÊS ESTARÃO DANDO PROVAS QUE ESTÃO COMPLETAMENTE DESPREPARADOS PARA OUVIR CRÍTICAS E CONSEQUENTEMENTE PARA EXERCEREM O PODER.

    não se esqueça que alguém pode ler estes comentários e observar esses "SEUS INSULTOS GRATUITOS A MEU RESPEITO", só porque "relatei fatos". Pode "pegar mal" pra você e para a Flusócio.

    Toda vez que necessário for "REAGIREI ENERGICAMENTE E DE FORMA OPORTUNA". Espero que o espírito "democrático" perdure por muitos anos no Fluminense e que jamais seja instaurada uma "DITADURA".

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  3. Aprenda a usar a crase. Foi a maior confuão não leva crase. Fica fei para um professor....

    ResponderExcluir
  4. Prezado Anônimo,

    Fico feliz, em querer colaborar para evitar "a maior confuão", como escreveu anteriormente. Nada fica feio quando temos coragem de assinar nossos escritos e não nos escondemos covardemente. É por gente covarde assim, que nem sequer assina o que escreve, que entendemos porque o Fluminense encontra-se na situação calamitosa em que está.

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  5. José Roberto Nunes Pires5 de setembro de 2009 12:31

    Eduardo,

    Sou o José Roberto, um dos primeiros a te apresentar a todo o grupo. Sei que vc teve algumas discussões virtuais com um dos nossos quase 300 membros e isso te deixou chateado.

    Acho justo e democrático vc querer participar do debate do Fluminense através do seu blog. Uma iniciativa legítima e digna de um Cidadão Fluminense.

    Mas injusto e não exatamente digno do caráter de um tricolor é lançar mentiras e injúrias, distorcendo fatos para lançar antipatia dos sócios frequentadores do Fluminense contra o grupo.

    Tudo o que o Sr. falou sobre a intromissão na briga é MENTIRA. Vou falar mais uma vez... MENTIRA. E uma terceira... MENTIRA!!! Falo isso porque eu estava lá e, inclusive, senti sua falta, pois foi a primeira vez que fui ao clube esse ano e não te vi.

    Não faça isso Eduardo. É um papel feio. Isso extrapola um ataque político e passa a ser um ataque aos HOMENS, às PESSOAS do grupo.

    Continue fazendo o trabalho que vc estava fazendo, debatendo idéias e fazendo críticas construtivas. Não parta para esse caminho. É o que te peço...

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO! SE QUISER PARTICIPAR DE NOSSOS EVENTOS, SORTEIOS E BOLETINS, BASTA ENVIAR UM EMAIL PARA A CONTA CIDADAOFLU@GMAIL.COM