quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Unimed alvoroçada

É... Parece que depois da nota publicada na revista “VEJA” sobre “OS MILHÕES (DE DÍVIDAS) DA UNIMED, a empresa de assistência médica está alvoroçada. É que através da nota publicada na revista “VEJA” muitas pessoas tomaram conhecimento que “A UNIMED DEVE 387 MILHÕES DE REAIS DE ISS (IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS) PARA A PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO”.

E dias depois da publicação da nota, a assessoria de imprensa da Unimed fez contato com a redação da revista. A assessoria de imprensa da Unimed queria que a revista desmentisse a nota, alegando que o valor não era aquele e que cabia recurso.

Contatos foram feitos com a Secretária Municipal de Fazenda do Rio de Janeiro, srª Eduarda La Rocque. A Secretária foi enfática na resposta: “O VALOR ESTÁ CORRETO E NÃO CABE RECURSO!” Portanto, só restará a Unimed pagar o que deve aos cofres públicos do Rio de Janeiro.

Saudações Tricolores

6 comentários:

  1. Daniel Hora do Paço16 de setembro de 2010 10:46

    Como disse no comentário do post acima, os jornais (e revistas, enfim, a imprensa de uma forma geral) não costumam noticiar a questão tributária de uma boa forma (acho que por desconhecimento mesmo).

    Vivemos no Brasil, que tem uma carga tributária altíssima (cerca de 35% do PIB), e onde infelizmente as autoridades fiscais têm um imenso furor arrecadatório.

    Por isso, não acho que a coisa deve ser colocada de forma tão simplista. Ué, só porque a Secretária Municipal de Fazenda disse que deve, então a Unimed deve? Se a Unimed disse que cabe recurso, então que se procure saber se isso é verdade. Tem que ouvir os dois lados da história.

    Saudações Tricolores,

    Daniel HP
    Advogado Tributarista

    ResponderExcluir
  2. Prezado Daniel Hora do Paço,

    Realmente, a Unimed não deve porque a Secretária Municipal de Fazenda disse. A Unimed deve porque assim disse a Justiça, numa ação judicial que a empresa perdeu.

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  3. Prezado Eduardo,
    A Unimed-Rio não tem notícia - nem informalmente - de qualquer condenação relativa à dívidas de ISS com a Prefeitura. A notícia divulgada pela revista Veja (e curiosamente replicada com insistência por algumas pessoas) é falsa. Há, sim, discussão com a Prefeitura sobre a legalidade do lançamento de tributos que a Unimed-Rio entende não serem devidos, e todos eles em nível administrativo ou judicial sem decisão definitiva. A tese da Unimed-Rio é de que a cobrança do ISS não pode ser pretendida sobre fato gerador já tributado em outra esfera - a dos prestadores de serviço. Essa tese, que é comum a todo o sistema de saúde suplementar, já foi acolhida em muitos municípios e por muitos juizados, inclusive pelo STJ. O esclarecimento da Unimed-Rio à notícia inverídica da revista Veja (que negou direito de resposta à cooperativa) pode ser lido no site www.unimedrio.com.br.

    ResponderExcluir
  4. Prezado Virginio Sanches,

    É uma honra tê-lo aqui neste espaço livre e democrático. Pena que não é para debatermos assuntos do Fluminense. E sim problemas fiscais da empresa patrocinadora do futebol profissional tricolor.

    Entretanto, creio que sua primeira informação está um pouco confusa. Você diz que "A Unimed-Rio não tem noticia - nem informalmente - de qualquer condenação relativa à dívidas de ISS com a Prefeitura"????? Se a Unimed-Rio não tem notícia de nada do que está acontecendo, como entrou em contato com a revista Veja??? Então, por que estamos escrevendo sobre isso aqui???

    Se a notícia da revista Veja é falsa, não me cabe julgar. Esta é a sua versão. Talvez a versão da revista Veja seja outra. Não sou Juiz de Direito, portanto não me cabe julgar. Apenas estou atento aos veículos de comunicação.

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir
  5. Daniel Hora do Paço22 de setembro de 2010 13:40

    Eduardo,

    Quem disse que o Poder Judiciário decidiu - de forma definitiva - que a Unimed deve? Isso é somente o que a Secretária está dizendo! A Unimed diz justamente o contrário, que cabe recurso. A verdade tem que ser apurada.

    Saudações Tricolores,

    Daniel HP

    ResponderExcluir
  6. Prezado Daniel Hora do Paço,

    Quem disse que a Unimed não deve?????

    Isso é somente o que a Unimed está dizendo!!!

    A Revista VEJA e a SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA DO RIO DE JANEIRO diz justamente o contrário, que “NÃO” cabe recurso.

    Saudações Tricolores,

    EDUARDO COELHO

    ResponderExcluir

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO! SE QUISER PARTICIPAR DE NOSSOS EVENTOS, SORTEIOS E BOLETINS, BASTA ENVIAR UM EMAIL PARA A CONTA CIDADAOFLU@GMAIL.COM